Feliz Páscoa!

A época mais saborosa do ano chegou!!! No domingo, 1º de abril, festeja-se a Páscoa, uma época de celebração em família. A data é comemorada em vários países, principalmente os com influências do cristianismo, pois marca a ressurreição de Jesus Cristo. Os espanhóis chamam a data de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

O dia da Páscoa foi criado por decreto do Primeiro Concílio de Niceia (ano de 325 d.C), a ser celebrado sempre no domingo após a primeira lua cheia do equinócio da primavera (no Hemisfério Norte) e outono (no Hemisfério Sul).

Etimologicamente, o termo Páscoa originou-se do latim Pascha, que por sua vez, deriva do hebraico Pessach Pesach, que significa “a passagem”. O principal hábito realizado nessa data comemorativa é o de trocar ovos de chocolate com parentes, amigos e principalmente as crianças. No início, os ovos eram de galinha, mas foram substituídos pelos ovos de chocolate pelos franceses no século XVIII.

Para os judeus Pessach  é uma antiga festa realizada para celebrar a libertação do povo hebreu do cativeiro no Egito, aproximadamente em 1280 a.C.   As festividades começavam na tarde do dia 14 do mês lunar de Nisan quando era  servida uma refeição semelhante a que os hebreus fizeram ao sair do Egito – o Sêder de Pessach – que incluia  Matzá (pão sem fermento) e vinho durante esse jantar cerimonial . Neste ano a comemoração acontece no dia 31 de março.

Seus símbolos

A Páscoa é recheada de símbolos trazidos pelos povos antigos como o coelho da Páscoa, um dos principais desta festividade. Acreditava-se que o coelho representava a fertilidade e o ressurgimento da vida.

O ovo também representa o começo da vida. Vários povos costumavam presentear os amigos com ovos, desejando-lhes a passagem para uma vida feliz. A partir deste costume, surgiram os primeiros Ovos de Páscoa.

No auge do período medieval, nobres e reis presenteavam com ovos feitos de ouro e cravejados de pedras preciosas. Mas até que chegássemos ao delicioso ovo de chocolate passamos pelo desenvolvimento da culinária e, antes disso, a descoberta do continente americano – de onde os espanhóis disseminaram o cacau pelo mundo. Foram os culinaristas franceses tiveram a ideia de fabricar os primeiros ovos de chocolate da história.

Dicas de consumo 

A procura por ovos de chocolate, caixa de bombons e outras delícias associadas ao período é grande, difícil não cair no desejo de devorar pelo menos um pedaço. Mas, quando consumido de forma consciente, o chocolate pode ser um aliado para a saúde, principalmente a do coração.

Entre a enorme variedade disponíveis no mercado, alguns podem ser mais saudáveis do que outros. Para quem quer evitar a tentação, a recomendação é escolher os que tenham menor teor de gordura saturada, como é o caso dos chocolates meio amargo ou amargo que apresentam acima de 50% de cacau em sua composição.

Para evitar o exagero, outra dica é comê-lo em pequenas porções e mais vezes ao dia. Ofereça para as crianças pedaços equivalentes a meia barra pequena de chocolate ou opte pelos ovos menores que acompanham brinquedos:  eles chamam a atenção dos pequenos e eles não se interessam somente pelo chocolate.  E por fim, não deixe os ovos à vista assim evita a tentação de querer comê-lo o tempo todo.

Cuide da saúde com chocolate funcional

Quer prolongar o sabor da Páscoa e cuidar da saúde? Nossa equipe pode combinar ativos nutracêuticos com  chocolate funcional 50% cacau para cuidar  da saude e da beleza com sabor de “quero mais”. Fale conosco preenchendo o formulário abaixo:

 

 
 


 
 
 
38 / 41
WordPress Theme built by Shufflehound. Laboratório Buenos Ayres
CNPJ: 60.853.694/0001-31
Rua Sergipe, 120, Consolação, CEP 01243-000, São Paulo-SP
RT: Marisa Marques, CRF 12246