Hot

Conviver com animais de estimação faz bem à saúde!

Amor animal

Um animal de estimação pode fazer toda a diferença na nossa existência e trazer muito mais benefícios do que se imagina. Vários estudos já comprovaram que a deliciosa relação entre os bichinhos e seus humanos é capaz de contribuir para a saúde física e mental das pessoas, uma verdadeira “bichoterapia”. 

O amor pelos pets não é privilégio de apenas uma parcela da população brasileira. Ao contrário, ele pode ser considerado um fenômeno nacional. O número de animais de estimação no Brasil é de impressionar: são nada menos que 132 milhões bichinhos, de acordo com estimativa da Pesquisa Nacional de Saúde 2013, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A pesquisa estima que os lares brasileiros possuam mais de 52 milhões de cães, 38 milhões de aves, 22 milhões de felinos, 18 milhões de peixes e 2,2 milhões de outros animais.

Visto como atividade econômica, os números também são notáveis. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), apesar da crise, esse mercado cresceu cerca de 5% em 2016 e atingiu vendas no valor de R$ 18,9 bilhões.

O bom desse amor animal

Quando decidimos conviver com um bichinho de estimação, temos muitos outros ganhos além da companhia e o afeto que os pets trazem para tornar nossos dias mais prazerosos. Veja alguns deles:

  • Quebrando o gelo

As pessoas costumam reagir com muita simpatia ao ver alguém caminhando com seu pet. Além disso, gostam de contar histórias sobre seus próprios bichinhos. Muitas vezes isso acaba servindo de ponto de partida para uma conversa ou até para uma o inicio de uma amizade. 

  • Reforço à imunidade

Pesquisadores verificaram que o relaxamento obtido com o contato com os pets, por exemplo, pode elevar os níveis de imunoglobulina A, um anticorpo que evita a proliferação de vírus e bactérias, o que ajuda prevenir muitas doenças, inclusive alergias.

  • Lição de responsabilidade

Crianças que convivem com animais em casa têm maior facilidade de desenvolver o senso de responsabilidade ao assumir tarefas de alimentar e cuidar da higiene dos bichinhos.

  • Aprendendo empatia

As trocas de carinho, compreensão, apoio e segurança que se encontram na relação das pessoas com seus animaizinhos favorecem o aumento do interesse e preocupação com o outro, empatia que tende a ser estendida às relações de gente com gente.

  • Melhora na autoestima

Ao sentir o carinho, o amor e a atenção do seu bichinho, as pessoas se dão conta de quanto são importantes para a vida daquele serzinho. Isso traz confiança e segurança em relação às suas próprias capacidades.

  • Antídoto antimonotonia

Tanto a companhia desse amigo de todas as horas, como a maior interação social por conta dos passeios com os bichos ajudam a preencher bem o tempo e a afastar sentimentos de solidão.

  • Malhação garantida

Toda vez que troca o sofá por um passeio com seu cãozinho, sem até se dar conta, você está contribuindo para combater o sedentarismo, criando uma rotina mais saudável de mexer o corpo. 

  • Felicidade em doses

Estudos indicaram que a troca de afeto entre homem e bicho tem como um dos principais efeitos o aumento da produção e liberação de serotonina e dopamina, os responsáveis pela sensação de prazer e alegria.

  • Estresse sob controle

A sensação de bem-estar e conforto na interação com os animais diminuem os níveis de cortisol no sangue, conhecido como o “hormônio do estresse”, que pode trazer vários problemas de saúde em níveis elevados.

Pense bem!

Se você leu este post, não tem um bichinho de estimação e pensou em correr para comprar ou adotar o seu, pense bem. Os animais não são brinquedos, merecem respeito, precisam de atenção e cuidados por toda a vida – que, infelizmente, costuma ser mais curta do que gostaríamos. Cães e gatos tem vida média entre 12 e 15 anos, assim como as calopsitas. Coelhos, reconhecidamente mais frágeis e delicados, com muita dedicação e carinho podem atingir os 10 anos. Hamsters e porquinhos da índia tem média de apenas 2 anos.

Reflita, discuta o assunto com quem mora com você e considere todos os aspectos envolvidos na questão para fazer a melhor escolha.  

Mas se optou por contar com a companhia de um animalzinho, lembre que fazer o bem faz bem: há milhões de animais abandonados no Brasil. Eles perambulam pelas ruas, têm fome, sofrem com maus tratos e doenças e, muitas vezes, ficam confinados em pequenos espaços nos abrigos aguardando uma oportunidade. Quer alegria maior do que tirar um bichinho da rua e dar pra ele um lar, comida, uma cama quentinha,  brinquedos e muito carinho? Procure uma ONG no seu bairro, na sua cidade e seja feliz!

 

Conte conosco!

Você sabia que temos um laboratório de manipulação especializado em produtos de uso veterinário?

Temos mini-cápsulas, que facilitam a ingestão de medicamentos por pequenos animais, podemos fazer soluções flavorizadas-saborizadas com os sabores que mais agradam ao seu amicão, biscoitos medicamentosos,  entre tantas outras possibilidades. 

 

 
 
65 / 67
WordPress Theme built by Shufflehound. Laboratório Buenos Ayres
CNPJ: 60.853.694/0001-31
Rua Sergipe, 120, Consolação, CEP 01243-000, São Paulo-SP
RT: Marisa Marques, CRF 12246