Dicas para turbinar o aprendizado e aumentar o rendimento nos estudos

Volta às aulas: turbinando seu aprendizado

Então 2018 começou definitivamente! Dizem que por aqui o ano só começa depois do Carnaval… E vamos à luta novamente. As aulas já estão a todo vapor e, independente do seu objetivo e do seu curso, imaginamos que a sua principal preocupação esteja focada na melhoria dos seus resultados,  aumentando o rendimento nos estudos.

Acertamos? Então vamos lá: aumentar o rendimento dos estudos passa pelo processo de ensinar o cérebro a assimilar conteúdos – e não só decorar. Ele precisa de “exercícios” cotidianos e concentração.

Teoricamente a mente humana esquece metade do que lê depois de duas horas. Então, para reter informação é importante ampliar o foco e conciliar a leitura com algum interesse pessoal. Pode parecer difícil, mas o exercício vale à pena.  

Uma boa dica é manter o foco em uma disciplina por vez, com no máximo duas horas para cada uma delas.

Retenção de informações

Vale lembrar que nosso corpo funciona como uma máquina e todas as engrenagens devem estar em sintonia para um resultado positivo. Uma boa dica é observar o seu relógio biológico e usar isso a seu favor.

Outra questão importante é não descuidar da alimentação, do sono e dos momentos de lazer. O equilíbrio é fundamental para uma vida saudável e também para o bom rendimento nos estudos.

Um estudo alemão indicou o papel decisivo do sono na formação da memória:  dormir ajuda o cérebro na tarefa de selecionar quais lembranças guardar. Portanto, virar a noite estudando pode não ser uma boa idéia.

Atividade física sempre

Estudos recentes indicam que a prática de exercícios produz novos neurônios e aumenta a atividade cerebral! Com atividades físicas os neurônios surgem principalmente no hipocampo, a área responsável pela aprendizagem e memória. Mas não é necessário correr uma maratona ou praticar exercícios extenuantes: trinta minutos de caminhada, três vezes por semana, começam a surtir resultado a partir do primeiro mês.

Já outra pesquisa,  publicada no Journal of Physical Activity and Health, demonstrou que a Yoga pode ajudar quando o foco é estimular a memória e a concentração, recomendando uma prática diária de 20 minutos para aumentar o poder do cérebro. Reconhecidamente a Yoga reduz a ansiedade e o estresse e, assim, ajuda a melhorar a cognição de forma geral.

Concentração

Par aumentar a concentração, veja as dicas de especialistas:

1 – Escolha um local adequado: tranqüilo e com boa luminosidade. Uma boa opção para quem mora numa casa muito agitada é procurar as boas e tranqüilas bibliotecas.

2 – Elimine as distrações: todas elas. Desligue o celular ou tire o som das mensagens e das redes sociais. Se estiver em casa, feche a porta do quarto e avise para que não interrompam.

3 – Postura: sentado, com coluna ereta. Deitado na cama só é uma boa posição para cair no sono

4 –  Pausas estratégicas: Estude por 50 ou 60 minutos e então faça um intervalo. Levante da cadeira, alongue-se, toma um copo d’água e até confira algumas mensagem. Depois de 10 minutos, retome sua concentração

Ajuda extra

Nossa equipe farmacêutica tem duas recomendações importantes para voce que deseja obter o melhor dos estudos: 

Rhodiola rósea, conhecida como “Raiz de Ouro”, é eficaz na melhora do desempenho mental, da memória e do aprendizado. É muito usada na Europa e na Ásia também para melhorar a resistência física e o rendimento de trabalho.

Ou o já conhecido Ômega 3, que entre tantos benefícios, é reconhecido por melhorar a concentração e a memória, aumentar a motivação, melhorar as habilidades motoras, aumentar a velocidade de reação e ajudar a neutralizar os efeitos do estresse.

Para voce, leitor do nosso Blog, um desconto especial de 15% na compra de três unidades!

 
Quer uma sugestão feita sob-medida para voce?
Basta preencher o formulário abaixo:
 
 
 
 


 
33 / 62
WordPress Theme built by Shufflehound. Laboratório Buenos Ayres
CNPJ: 60.853.694/0001-31
Rua Sergipe, 120, Consolação, CEP 01243-000, São Paulo-SP
RT: Marisa Marques, CRF 12246